Se a natureza pudesse falar, as palavras seriam pétalas rosas.

Se a natureza pudesse falar, as palavras seriam pétalas  rosas.
Se a natureza pudesse falar, as palavras seriam pétalas de rosas.

quinta-feira, 31 de março de 2011

Canção do dia de sempre - Mario Quintana






Canção do dia de sempre

"Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas..."

Mario Quintana

2 comentários:

Márcia Barros disse...

Que dizer de Mário Quintana???
Seus poemas enternecem...
gritam verdades entaladas...
descobre sonhos...
desnudam a alma...
Amo suas Poesias!!!

Rosa, minha linda...
seu Blog é mercedor de aplausos
de prêmios
de beijos
de abraços!!!

Te amo!!!
Bjus assoprados das Minas Gerais...
Márcia

Rosa Gandine Hipólito disse...

Querida Márcinha,

O maior aplauso, que o nosso blog pode receber, é este a sua presença e o seu carinho.

Beijo de Fiona, pra ti.
Com o carinho de sempre!
Rosa