Se a natureza pudesse falar, as palavras seriam pétalas rosas.

Se a natureza pudesse falar, as palavras seriam pétalas  rosas.
Se a natureza pudesse falar, as palavras seriam pétalas de rosas.

segunda-feira, 21 de março de 2011

(Lustato Tenterrara)




"Descobrir num olhar
o que há de divino
em cada pedacinho de tudo.
Esta é a sina do poeta."


(Lustato Tenterrara)

4 comentários:

Doublé disse...

Como aspirante a poetisa sou obrigada a concorda! Um poeta enxerga a beleza que nem todos querem ou podem ver, ele captura com seus olhos a essência da alma e nos transmite através de palavras.

Rosa Gandine Hipólito disse...

Doublé, Meu anjo!

Grande verdade!
Beijo grande!
Rosa Gandine

aicram disse...

Aprendi a amar Lustato Tenterrara, através do carinho, da minha Poeta amada, Rosa!
Não posso me deixar furtar, de dizer o quanto ele me emociona
no seu versejar tão singular.
Sim! Descobrir no olhar...
cnseguir enxergar
belezas escondidas
fazer da dôr uma poesia
encontrar o divino
da alegria um verso!
MAravilhoso!!!
Bjus!
Márcia

Rosa Gandine Hipólito disse...

Querida Márcinha!

Lustato Tentarrara

"Luis irmão de sangue"

O que te dizer deste Poeta!
Deste homem, deste grande amigo.
Se eu te falar tudo, tudo o de bom que ele é, ainda é muito pouco.
Vai faltar muito o que dizer.
Pessoa muito querida, amada e admirada por mim e por muitos.
O grande responsável por este espaço existir.
Veio dele este lindo e maravilhoso presente.
Márcinha,
Vou te contar um segredinho, mas não conte a ninguém, viu?
Lustato Tenterrara é o meu muso!


Beijão bem carinhoso!
A ti e ao meu querido Lus.
Com o carinho de sempre!
Rosa Gandine